[Resenha] Witches of East End - Todas as Temporadas


Título: Witches of East End - 1 e 2 Temporada
Ano de estréia: 06/10/2013
Gênero: Ficção/Fantasia
Diretor: Maggie Friedman
Elenco Principal: 
    Julia Ormond
    Jenna Dewan-Tatum
    Rachel Boston   
    Mädchen Amick



Sinopse:
"Baseado no best-seller de Melissa De La Cruz, a produção narra a vida de três feiticeiras imortais que são proibidas de usar magia devido ao envolvimento da família nos julgamentos de Salem.
Joanna é a mãe e conta com o dom de ressuscitar os mortos, Ingrid (a filha mais velha) vê o futuro e Freya (a mais nova) é especialista em poções e feitiços.
Ingrid e Freya não sabem que fazem parte da próxima geração de bruxas e, quando a mais nova fica noiva de um forasteiro, coisas estranhas começam a acontecer."

Fonte: MinhaSérie
Crítica e Resumo:

Primeira coisa. A série foi cancelada. E eu, sendo uma pessoa que gosta de se martirizar comecei vendo a série sabendo disso. Mas enfim, valeu para conhecer e para acrescentar mais uma série de livros à lista de livros a serem pedidos e comprados. A série é perfeita, gente. Pra quem gosta de magia, bruxas, feitiços, latim e sobrenatural como eu super vale a pena mesmo que eles nos deixem à mercê do desespero com o episódio final da segunda temporada. A vida das Beauchamp muda completamente quando na festa de noivado da mais nova, Freya, ela conhece um estranho que não é tão estranho, uma vez que ela sonhara com ele na noite anterior. Tudo será diferente a partir de então, pois Joana a matriarca é obrigada a revelar às filhas que elas são nada menos que bruxas, e bruxas poderosas. 




Ingrid é a mais certinha e inteligente, mas não está longe de errar e errar feio. Logo, a irmã de Joana, Wendy, até então afastada da família por mais de cem anos volta e começa a fazer parte novamente do círculo de bruxas. Muitos acontecimentos passam a atrapalhar a vidas das bruxas, em especial, um metamorfo que quer vingança contra Joana e passa a matar pessoas aleatoriamente deixando nelas uma marca que somente as bruxas conhecem o significado, realmente, e não é boa coisa.





O noivado de Freya segue e ela, apesar de ter ficado com o estranho e apesar também de estar relativamente apaixonada por ele não importa o quanto negue continua com Dash, mantendo segredo sobre seu beijo e mais tarde sobre sua natureza. Ela está confusa e começa a ficar ainda mais quando sua mãe revela que ela é uma bruxa depois de ano tendo falado que ela doida e até mesmo a levado para o psiquiatra. 


Brigas familiares aqui, conflitos amorosos ali e no final tudo parece se resolver. O último obstáculo é o metamorfo que parece simplesmente ser impossível de matar, afinal, é um metamorfo você nunca sabe quem é ele de verdade. E quando você descobre quem é ... aaaaah, dá muita raiva haha



Na série tem muito feitiço, poção, traição familiar, amor e paixão. Você se apaixona pelos personagens instanteamente e passa a querer saber o que vai acontecer com cada um deles. Freya e Dash ( seu noivo ) vão ficar juntos? Killian, o estranho é mais que um homem que apareceu na festa de noivado deles. Ingrid se apaixonará mesmo? E Joana será capaz de junto de sua irmã destruir esse metamorfo?




Na segunda temporada tudo está COMPLETAMENTE mudado. Se você ficou feliz na primeira pelos acontecimentos na segunda você fica triste porque está tudo diferente de uma forma que você necessita do novo capítulo. Apenas. 



O único problema é que a série foi cancelada de uma forma muito chata, eles nos deixam assim... Sem nada. Sério, muito frustrante, mas no geral é uma série fantástica com tudo que eu gosto e mais um pouco. Resta-me comprar os livros agora, né.

Nenhum comentário:

Postar um comentário